Danilo, jogador do Bochum, deu uma palavrinha para o Der Anpfiff


Foto: Divulgação / TF-Images via Getty Images
                                            

FICHA TÉCNICA:
Danilo Teodoro Soares
29/10/1991 - 26 anos
Nascido: Belo Horizonte - MG, Brasil

Jogador conta com passagens pelo SC Austria Lustenau, Ingolstadt, Hoffenheim e Bochum, que está atualmente no meio da tabela na 2.Bundesliga (segunda divisão alemã). O brasileiro conta um pouco da sua trajetória para nós.

Túlio Bonzi: Por que decidiu ser um defensor e como é seu estilo de jogo?

Danilo Soares: Eu jogava de meia-esquerda, e aconteceu em que um jogo do SC Áustria Lustenau, o lateral foi expulso e o nosso treinador já havia feito todas as alterações, foi então que ele me pediu para recuar para lateral e acabou que fui bem no restante do jogo e então nunca mais sai.

Túlio Bonzi: Como foi sua trajetória até chegar ao Ingolstadt?

Danilo Soares: No Brasil não joguei em nenhum clube profissional, sai do Brasil aos 18 anos através de um projeto que era realizado na Holanda de empresários brasileiros, acabou não dando certo na Holanda e acabei indo para a Áustria onde consegui o meu primeiro contrato e joguei por 3 anos no SC Áustria Lustenau, e foi onde consegui ganhar o interesse do Ingolstadt.

Túlio Bonzi: Como foi sua passagem pelo Ingolstadt, pelo Hoffenheim e seu time atual, o Bochum?

Danilo Soares: No Ingolstadt os meus dois primeiros anos foram excelentes. O primeiro ano foi de aprendizado, o segundo foi onde subi com o time para a primeira divisão e o terceiro foi ruim, pois fiquei o ano todo machucado, onde precisei operar o pé esquerdo e acabei fazendo apenas um jogo na temporada.

No Hoffenheim, para mim, foi um recomeço da minha carreira, foi o clube que me abriu as portas  no momento em que eu mais precisava. Não joguei durante os seis meses que passei lá, mas sou muito grato por tudo que fizeram por mim. Já no Bochum, está sendo um novo desafio, tem seis meses que estou aqui, voltei a jogar e estou muito feliz.

Túlio Bonzi: Como é sua relação com companheiros, diretoria e torcida?

Danilo Soares: Minha relação com todos é muito boa.

Túlio Bonzi: Como está sendo sua experiência de jogar na Alemanha, teve dificuldades com a língua e por ser brasileiro?

Danilo Soares: Já tem quatro anos que estou aqui então já me adaptei, a língua no começo foi o maior desafio, hoje ainda é um pouco, mas já consigo me virar bem.

Túlio Bonzi: Tem vontade de voltar ao Brasil ou prefere continuar na Alemanha, e por quais motivos?

Danilo Soares: Tenho vontade de jogar sim no Brasil, mas no momento a minha intenção é permanecer aqui na Alemanha, pois aqui tenho uma qualidade de vida muito boa e a segurança que eu e a minha esposa temos é o que nos motiva a permanecer aqui.

Queremos agradecer ao jogador Danilo por ceder um pouco de seu tempo para nos conceder a entrevista!

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.