Marco Reus fala sobre sua recuperação e a esperança de ir à Copa do Mundo

Lesões atrapalham consecutivamente a carreira de Reus

Marco Reus treinando em Marbella (Foto: Alexandre Simoes/Borussia Dortmund/Getty Images)

Ainda sem atuar na temporada 2017-18, Marco Reus abre o jogo e fala sobre são suas pretensões, diz estar "otimista" com a recuperação de sua lesão, afirma ser seu principal objetivo no momento, e ressalta os planos de estar na convocação de Joachim Löw para a Copa do Mundo de 2018.

Marco Reus concedeu entrevista em Marbella na Espanha, onde o Borussia Dortmund fez treinos e amistosos na pausa de inverno da Bundesliga.

Marco comemorando gol marcado diante do Hoffenheim na temporada 2016-17 (Foto: Alexandre Simoes/Borussia Dortmund/Getty Images)
Sobre a sua recuperação:

"Até agora, tudo está indo como o previsto. Eu treinei muito bem em Dubai (enquanto estava de férias durante as férias de inverno) e tive algumas sessões muito intensas. Estar em Marbella tem sido como um segundo campo de treinamento para mim, estou muito satisfeito e feliz por poder participar das sessões que fiz. Espero que nos próximos dias e semanas eu possa intensificar isso ainda mais com o objetivo de em breve fazer um retorno completo ao treinamento."

Sobre a chegada e breve despedida de Peter Bosz:

"Foi interessante observar de fora. Obviamente, eu estava com a equipe o tempo todo, mas é um pouco diferente quando você sabe que definitivamente vai estar ausente durante toda a primeira metade da temporada. Isso lhe dá uma perspectiva diferente, de certo modo, havia algumas coisas que não eram agradáveis, mas agora estamos prontos para corrigir e fazer as coisas melhor. Mas isso não quer dizer que tudo foi ruim ".

Marco Reus volta em fevereiro?

"Nós veremos. Eu não me estabeleci uma data pela qual eu quero voltar. É difícil dizer, tendo em vista o tipo de lesão que sofri, porque ainda há várias etapas que ainda preciso rumar. Mas eu sou positivo e acho que nas próximas semanas as coisas irão progredir. Então, só teremos que esperar e ver ".

Sobre suas inúmeras lesões:

"Como jogador de futebol, não há nada pior do que se lesionar, especialmente por um período tão longo. Estou extremamente impaciente. Mas coisas assim são parte do jogo e eu sou um otimista, então estou sempre olhando para frente. Estou feliz por poder participar de algumas sessões de treinamento".

Copa do Mundo 2018 e contato com Löw:

"Estou em contato com Joachim Löw, e isso é muito importante para mim. Mas, por enquanto, minha primeira prioridade é voltar a treinar com a equipe. Depois disso, o objetivo é começar a jogar novamente e encontrar meu ritmo. Depois de estar fora por um longo tempo com uma lesão como está, não é fácil voltar e jogar bem, mas qualquer um que me conhece sabe que tenho o potencial de fazer isso e também tenho a mentalidade certa. Eu sou otimista. Se tudo for planejado e, se for apto, obviamente, eu também quero jogar pela Alemanha".

Marco Reus em ação com a Die Mannschaft (Foto: Alexander Hassenstein/Bongarts/Getty Images)


Sobre o novo treinador, Peter Stöger:

"Ele é muito aberto e muito ambicioso. Bastante claro em suas instruções, o que é realmente importante. O treinamento é muito divertido sob o comando dele, especialmente para mim, tendo estado longe por tanto tempo. Mesmo que seja difícil, eu ainda gosto. Ele causa uma boa impressão e você pode dizer que ele e seus auxiliares tem grandes planos. Obviamente queremos apoiá-lo o melhor que pudermos para que possamos ser bem-sucedidos juntos".

Peter Stöger e Marco Reus em Marbella (Foto: TF-Images/TF-Images via Getty Images)

Sobre sua influência na equipe:

"É principalmente fazer pequenas coisas, como falar com alguns jogadores que não jogaram muito na primeira metade da temporada e talvez estejam um pouco infelizes. Nesses casos, eu tento ajudar e estar lá para o time, para que nós sejamos ainda mais unido no campo, de modo que todos, tanto os jogadores como os funcionários possam se conhecer um pouco melhor. Há algumas coisas que você pode fazer, mas leva um pouco de tempo para mudanças efeito."

Reus, Götze e Aubameyang (Foto: Alexandre Simoes/Borussia Dortmund/Getty Images)


Marco Reus, sem duvidas é um dos melhores jogadores da Alemanha nos últimos anos tratando-se de potencial, apesar de muito contestado por suas inúmeras lesões ao longo de sua carreira, o jogador do Borussia Dortmund tende a mostrar sua importância quando está em campo, seus números de temporadas passadas, em especial da última (2016/17) refletem este fato.


 (Foto: TF-Images/Getty Images)
Na temporada 2016-17, Reus participou de apenas 24 partidas com a camisa aurinegra, grande parte da temporada ficou de fora, devido a lesões diferentes, marcou exatos 13 gols e concedeu oito assistências.

Na Bundesliga, disputou 17 partidas, marcou sete gols e concedeu quatro assistências:

3/12/2016 - Borussia Dortmund 4-1 Borussia Mönchengladbach (Três assistências)
10/12/16 - Colônia 1-1 Borussia Dortmund (Um gol)
29/01/17 - Mainz 1-1 Borussia Dortmund (Um gol)
25/02/17 - Freiburg 0-3 Borussia Dortmund (Uma assistência)
15/04/17 - Borussia Dortmund 3-1 Eintracht Frankfurt (Um gol)

Na UEFA Champions League disputou quatro jogos, marcou quatro gols e concedeu três assistências:

22/11/16 -  Borussia Dortmund 8-4 Legia Varsóvia (Dois gols e duas assistências)
07/12/16 - Real Madrid 2-2 Borussia Dortmund (Um gol)

Na DFB Pokal, disputou apenas três partidas, mas contribuiu na conquista da competição, marcando dois gols e concedendo uma assistência:

08/02/17 - Borussia Dortmund 1(4)-(3)1 Hertha Berlin (Um gol)
26/04/17 FC Bayern München 2-3 Borussia Dortmund (Um gol e uma assistência).




Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.