Início promissor, decepção no fim: a temporada do Bayer Leverkusen

                                                                    Elenco do Leverkusen na temporada 2017/2018. (Foto: Reprodução/Bayer Leverkusen)

A temporada 17/18 chegou ao fim, e com isso, muitas equipes já vão se preparando para a próxima temporada.
Uma dessas equipes é o Bayer Leverkusen. Os "Werkself" conseguiram a 5ª colocação na Bundesliga, ficando com a mesma quantia de pontos do Borussia Dortmund (4º) e do Hoffenheim (3º), perdendo apenas no saldo de gols.

O Leverkusen teve um início promissor na Bundesliga, chegando a ficar em segundo colocado, porém, a equipe tropeçou no final da temporada e deixou escapar a classificação para a Champions League, além disso, a equipe também conseguiu um bom desempenho na DFB-Pokal (Copa da Alemanha), sendo eliminados nas semifinais pelo Bayern Münich.
Por isso, nós do Der Anpfiff, fizemos uma análise dos principais pontos da temporada do Bayer Leverkusen:

Principais Jogadores

                                                                       (Foto: Reprodução/Bayer Leverkusen)

Para a disputa da temporada 2017/2018, o Leverkusen trouxe alguns reforços, foram eles: Sven Bender, Paganonis Retsos e Lucas Alario, que se tornou a contratação mais cara da história do clube. Porém, nenhum desses jogadores conseguiram obter um grande desempenho na temporada.

Alguns outros nomes tiveram um certo destaque, como o de Bernd Leno, que voltou a sua boa fase no clube, Wendell, que serviu com um líder do grupo, Kai Havertz, que serviu como o principal garçom do time, Kevin Volland, que foi o artilheiro do time na temporada e principalmente, Julian Brandt e Leon Bailey.

A equipe apostou nos seus jovens como principal arma do time, eles demonstravam seu talento e visão de jogo na criação de jogadas e sua velocidade e poder de conclusão nos contra-ataques, que foram muito utilizados pela a equipe na temporada.

Pontos positivos e negativos

                                                                         (Foto: Reprodução/Getty Images)

A equipe começou a temporada muito bem, com todos os setores do time em perfeita harmonia, principalmente o ataque, que era muito veloz e perigoso, levando diversos jogadores a terem seu valor de mercado triplicado, chamando a atenção de várias equipes do cenário europeu.

Porém, com a aproximação do final da temporada, a equipe foi perdendo o ritmo, demonstrando os mesmos problemas defensivos da temporada passada, o que levou a equipe a perder uma série de pontos no campeonato alemão. Também tiveram jogadores que entraram em uma caída de produção, principalmente Lucas Alario, que perdeu grandes oportunidades, incluindo pênaltis.

Nas rodadas finais da Bundesliga a equipe tentou esboçar uma reação para conseguir uma vaga na Champions, conseguindo boas vitorias sobre o RB Leipzig e o Eintracht Frankfurt, mas com a eliminação por 6:2, dentro de casa, pelo Bayern na Copa da Alemanha, a equipe mostrou os mesmos problemas e voltou a obter resultados ruins, conseguindo apenas a vaga para a Europa League.

Expectativas para a próxima temporada

                                                    Lukas Hradecky posando com a camisa do Leverkusen. (Foto: Reprodução/Bayer Leverkusen)

Para a disputa da próxima temporada, o Leverkusen já anunciou bons reforços, foram eles: Paulinho, atacante de 17 anos do Vasco da Gama, Mitchell Weiser, lateral direito de 24 anos do Hertha Berlim, e Lukas Hradecky, goleiro de 28 anos do Eintracht Frankfurt. 

É esperado que o clube comece a receber propostas pelos seus principais jogadores nos próximos dias, os nomes de Bernd Leno e o de Leon Bailey são os mais cogitados no mercado. A equipe também não contará com um dos seus maiores ídolos, Stefan Kiessling, que depois de muitos anos no clube, anunciou sua aposentadoria.

A expectativa da torcida e da diretoria é que a equipe consiga manter a base dessa temporada e que consiga um bom desempenho na Europa League e uma classificação para a Champions League no campeonato alemão, mas para isso ocorrer, a equipe precisa buscar resolver os seus problemas defensivos e voltar a desenvolver uma consistência nos seus resultados.


Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.