Muito além de Paulinho: confira cinco brasileiros que brilharam em Leverkusen

     Nessa última semana, foi confirmada a venda de Paulinho, do Vasco, para o Bayer Leverkusen. A jovem revelação brasileira chegará ao clube alemão em julho, assim que completar 18 anos, pelo preço estimado em 18,5 milhões de euros. Ele chega ao futebol alemão em uma equipe que já teve alguns grandes jogadores do país. Confira abaixo uma lista com cinco nomes que marcaram época no clube da empresa farmacêutica.

- Jorginho (1989-92)
Foto: Imago
     Campeão mundial em 1994 com a seleção brasileira, o lateral-direito Jorginho foi eleito o maior nome na posição na história do clube. Apesar disso, ele atuou no meio-campo no clube, o que o fez mostrar melhor a sua capacidade técnica. Em 97 jogos nos Werkself, ele marcou nove gols. Mesmo que em somente três anos, ele caiu nas graças dos torcedores. Seu único título foi a Copa da Alemanha de 1992-93. Depois do Leverkusen, ele ainda foi atuar no Bayern de Munique.

- Lúcio (2001-04)
Foto: Goal.com

     Outro campeão do mundo que atuou no clube foi o zagueiro Lúcio, que venceu em 2002. Ele foi um dos grandes protagonistas em um dos momentos mais gloriosos, mesmo que sendo trágico, do clube, a temporada 2001-02, aquela em que eles foram vice-campeões de tudo que disputaram. Na Bundesliga, foi eleito melhor jogador da temporada e, na Champions, foi autor do único gol da equipe na final, em uma cabeçada após falta. Ao todo foram 122 jogos e 21 gols com a camisa do Bayer. Assim como Jorginho, ele se mudou para Munique em 2004, onde conquistou três campeonatos alemães.

- Juan (2002-07)
Foto: TerceiroTempo.bol

     Um dos grandes companheiros de zaga de Lúcio na seleção foi também seu companheiro em Leverkusen. Juan, ídolo do Flamengo, também é ídolo pela Alemanha, tendo sido escolhido junto com seu compatriota para a defesa do século. Após se destacar no Brasil, o jovem zagueiro foi contratado para fazer uma dupla brasileira na defesa. Depois que seu companheiro rumou para o rival, ele assumiu o protagonismo na posição e se destacou durante sua estadia na cidade. Ao todo foram 176 jogos oficias e 16 gols até rumar para a Roma em 2007.

- Emerson (1997-2000)
Foto: Pinterest

     Após brilhar no Grêmio, o meio-campista Emerson foi contratado pelo time de Leverkusen para ocupar a faixa central do campo. Volante de muita fibra, conseguiu fazer fama nos seus três anos na Alemanha, mesmo sem conquistar nenhum titulo. Ele possui 82 jogos e 11 gols com a camisa da equipe e é mais um membro da chamada "equipe do século". Famoso por conta de seu corte às vésperas do início da campanha do penta, ele também foi para Roma após a passagem no país.

- Zé Roberto (1998-2002)
Foto: Getty Images

     Talvez esse seja o nome mais famoso dessa lista. Aposentado desde o final do último ano, Zé Roberto viveu um dos melhores momentos de sua carreira na equipe alemã. Depois de passagem ruim pelo Real Madrid, o Bayer Leverkusen apostou no jovem brasileiro, que acabou vingando (e muito). Junto com Lúcio, viveu a grande temporada de 2001-02. Apesar do grande ano, ficou de fora e fez falta na final da Liga dos Campeões, quando seu time saiu derrotado. Foram 150 jogos e 18 gols até sua saída para o Bayern de Munique, quando atingiu o auge de sua carreira e conquistou inúmeras taças. Se Paulinho quiser um espelho, esse é o melhor de todos.

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.