Na última temporada de Nagelsmann, Hoffenheim busca voos mais altos na Europa


O Hoffenheim está pronto para fazer história em 2018/2019. Na última temporada sob o comando de Julian Nagelsmann, que irá para o RB Leipzig no próximo ano, a equipe disputará pela primeira vez a fase de grupos da UEFA Champions League. Ao todo, será a segunda participação na competição. Ano passado, o TSG foi eliminado na fase prévia, pelo poderoso Liverpool.

O elenco perdeu algumas peças importantes, como Serge Gnabry, Mark Uth e Eugen Polanski, mas recebeu reforços como Joshua Brenet, Vincenzo Grifo e Leonardo Bittencourt. A busca principal, além de se firmar entre os principais clubes da Bundesliga, é conseguir fazer bonito internacionalmente. Para isso, Julian Nagelsmann precisará da força de seu elenco, que também disputará paralelamente a Copa da Alemanha.


Nagelsmann em sua última temporada no Hoffenheim (Foto: TSG Hoffenheim/ Twitter)

A janela

Quem chegou: Joshua Brenet (D-PSV-HOL), Ishak Belfodil (A-Werder Bremen), Leonardo Bittencourt (M-Colônia), Vincenzo Grifo (M-Borussia M'gladbach), Baris Atik (M-Darmstadt), Felipe Pires (A-Austria Viena-AUT), Joelinton (A-Rapid Viena-AUT), Philipp Ochs (M-Bochum), Kasim Nuhu (D-Young Boys-SUI).

Quem saiu: Eugen Polanski (M), Mark Uth (A-Schalke), Serge Gnabry (A-Bayern de Munique), Felix Passlack (M-Norwich-ING).

Destaques

Os ótimos meio-campistas Nadiem Amiri e Kerem Demirbay devem seguir comandando o jogo da equipe. Com bom passe e chegada na frente, ambos já chamam a atenção de times de ponta da Europa e de outros clubes na Bundesliga. O sucesso do Hoffenheim na temporada passa, necessariamente, por bons desempenhos de ambos os jogadores. Potencial para isso eles tem.

Time Base

Baumann; Kaderabek, Bicakcic, Demirbay, Grillitsch, Adams, Schulz, Amiri, Belfodil, Vogt, Szalai.


Elenco do Hoffenheim pronto para 2018/2019 (Foto: TSG Hoffenheim/ Twitter)


O que esperar?

Com um trabalho de longo prazo já assimilado, espera-se que o Hoffenheim se confirme como um dos times alemães que disputam competições europeias. O principal objetivo da temporada deve ser, além de fazer bonito na UEFA Champions League, conquistar alguma vaga continental. No ato final de Julian Nagelsmann, protagonista de uma história maravilhosa no comando do clube, o Hoffenheim quer continuar sonhando alto.

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.